» » » Pilates na Cervicalgia

Pilates na Cervicalgia

Pilates na dor cervicalPilates na Cervicalgia

Pilates na cervicalgia pode ser um grande aliado, mas é importante entender e saber o que é uma cervicalgia, um termo tão abrangente, podendo ser inúmeras patologias, inclusive causada por patologias associadas.

Portanto é necessário identificar essa cervicalgia para então traçar os melhores exercícios, tratamento adequado para cada indivíduo.

A cervicalgia é comum na população geral com prevalência de 10% a 15%, acometendo em torno de 60% a 70% de indivíduos adultos em algum momento de sua vida. A incidência anual em adultos é cerca de 15%, sendo que as mulheres têm uma maior probabilidade do que os homens de desenvolver dores cervicais e de sofrer com problemas cervicais persistentes.

Sobre a cervicalgia pouco se sabe sobre a história natural e a sua evolução. Além da dor, podem haver queixas de limitação da amplitude de movimentos articulares e rigidez local, desencadeadas ou agravadas por movimentos cervicais bruscos ou posturas sustentadas do segmento cervical, traumas, acidentes.

Tipos de Cervicalgia

Podemos classificar em dois tipos: Inespecífica e Específica (por uma patologia instalada).
Como causas específicas temos as radiculopatias, a cefaleia cervicogênica, a síndrome do chicote (whiplash), os tumores ou metástases, as fraturas, a espondilite anquilosante, a artrite reumatóide, cirurgias, cervicalgia aguda e subaguda, mielopatia, espasticidade, distonia, infecções e cefaleia.

CERVICALGIA AGUDA

Na cervicalgia Aguda por exemplo, em que não há evidência de trauma, e comprometimento neurológico é afastado, o conjunto de evidências sugere que o manejo pode ser feito com anti-inflamatórios não-hormonais ou analgésico.

Na presença de contratura muscular, pode-se lançar mão de relaxantes musculares, terapias como eletroterapia analgésica, gelo, ultrassom, terapias combinadas são indicações. Cuidado com terapias manipulativas, acupuntura, Pilates. Lembrando estamos falando da cervicalgia aguda.

CERVICALGIA CRÔNICA

Na cervicalgia crônica cerca de 12% são acometimentos em mulheres e 9% em homens. O manejo desses pacientes é bem desafiador para Médicos e Fisioterapeutas, pois envolve questões emocionais, muitas vezes interesse em afastamento para o tratamento.

doenças como ansiedade e depressão podem dificultar o manejo e a evolução das situações que levam à cervicalgia crônica. Portanto o auxílio de um psicologo durante o tratamento pode ser fazer de grande valia.

Segundo estudos, o uso de terapia medicamentosa como anti-inflamatórios não hormonais e relaxantes musculares não foram efetivos, sendo os analgésicos mais eficazes.

Tratamento com Acumputura

O uso de acupuntura tem se mostrado efetivo em situações de cervicalgia crônica. Um estudo randomizado demonstra que em 1 ano (redução de 36% em relação ao controle – p< 0,02) e 3 anos (redução de 33% em relação ao controle – p< 0,04) de seguimento há diferença significativa nos pacientes tratados com acupuntura.

Tratamento com Fisioterapia

Fisioterapia, mobilização, analgesia com ultrassom, TENS (transcutaneous electrical nervo stimulation – estimulação elétrica do nervo por meio da pele), corrente interferencial, massagens e manipulação têm evidência muito fraca de melhora. Principalmente considerando 10 sessões.

Atividade Física

Aparentemente, atividade física continuada produz elevação do limiar de dor, tendo um efeito benéfico para pacientes que conseguem manter um programa regular de exercícios físicos. O Pilates na cervicalgia pode ser uma dessas técnicas, aliando exercícios de fortalecimento de membros superiores, elevadores e depressores de escapulas, Exercícios corrigindo a excursão da escapular (sick), Fortalecimento de flexores, extensores, rotadores também se mostraram eficazes.

Terapias Associadas

A abordagem multimodal, em que são associados analgesia, psicoterapia, fisioterapia com massagens e exercícios orientados, parece oferecer resultados duradouros em pacientes com cervicalgia crônica.

Lembre-se é importante uma avaliação criteriosa, identificar o tipo de cervicalgia para traçar os melhores exercícios, tratamento adequado, sempre aliando as técnicas.

Pilates na cervicalgia

O pilates na cervicalgia pode ser muito importante pela gama de exercícios que podemos oferecer não só no fortalecimento, mas também na flexibilidade e alongamento cervicais e demais acometimentos na região. O uso das molas pode favorecer gradualmente ao paciente um nível de esforço adequado e gradual em relação aos pesos livres.

A leitura desse artigo não isenta o paciente de procurar atendimento Fisioterapêutico e ou Médico.

Referências

Teixeira, J.M., Barros Filho, T., Lin, T.Y., Hamani, C., Teixeira, W.G.J. Cervicalgias. Rev. Med. (São Paulo), 80(ed. esp. pt.2):307- 16, 2001.

Trinh KV, Graham N, Gross AR, Goldsmith CH, Wang E, Cameron ID, et al. Acupunture for neck disorders. Cochrane Database Syst Rev 2006.

Côté P, Cassidy JD, Carroll LJ, Kristman V. The annual incidence and course of neck pain in the general population: a population-based cohort study. Pain. 2004;112(3):267-73.

Wagner HL, Bareiro AOG, Stein AT, Castro Filho ED, Pereira CF, Ribeiro R. Cervicalgia: Tratamento na Atenção Primária à Saúde. Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, 2009.

Artigo escrito por:

Camilo Barbosa Junior Crefito3 150302-F
Fisioterapeuta Esportivo da HWT Sports, Especialista Fisiologia do Exercício, Especialista em Reabilitação Aplicada ao Esporte (Unifesp), Especialista em Pilates, Pós-graduando em Formação Docente no Ensino Superior.

Contatos: Tel:11.96781-1979 (whats), contato@thepilatesfisiofitness.com.br/ blogpilates@thepilatesfisiofitness.com.br  https://www.facebook.com/junior.fisio.39

Deseja realizar seu curso de Pilates Completo, acesse nosso site e saiba mais.

Site: http://www.thepilatesfisiofitness.com.br
Youtube 
https://www.youtube.com/channel/UC_bdG719cfjaSbcLicmsaqA
Facebook 
https://www.facebook.com/FisioFitnessPilates
Instagram 
https://www.instagram.com/thepilatesfisio

Deixe uma resposta